2 de novembro de 2011

TecerEntrevista- Parte I : Rosane Vilela


Acervo da autora

O tecergirassóis quer compartilhar a história de Rosane Vilela, escritora. Um de seus livros, Menina- Menina princesa de lama, da Paulinas Editora, foi citado numa lista para o acervo infantil, toda criança precisa conhecer.
E para conhecermos, que tal, sabermos um pouco sobre a trajetória da escritora-leitora Rosane.
Esta semana, sairá no blog a resenha do livro: Apanhando a lua, outra obra da referida autora.


Vamos conhecê-la...

1. Quem é a autora Rosane Villela?

A autora Rosane Villela é alguém que se deixa levar pelo embalo das palavras e da imaginação, quando está criando, mas que, ao mesmo tempo, se preocupa com o leitor. Almeja o encontro pela comunicação sincera e verdadeira, para que ele possa ter o encantamento pelos textos. Procura, obsessivamente, alcançar a literatura, mas sabe que ela, na realidade, é inalcançável e sempre estará muito aquém de todas as suas tentativas. E sabe, também, que ter essa conscientização é que a impulsiona a querer cada vez melhorar.

2. Quando desvendou a literatura, ou quando a literatura lhe desvelou?

Penso que foi mais a literatura que me fez esse grande favor. De me desvelar. Mas foi um desvelar velando, como se ela fosse uma mãe para mim. Quando foi? Difícil responder a essa pergunta. A literatura veio vindo, aos poucos, acompanhando o meu crescimento como leitora, com a sua sensibilidade na minha... É, acredito que foi assim que a mágica se fez e pude, então, naturalmente, desvendar os seus véus...  Menina, com essa pergunta você me fez voar!


Tem mais...




Acervo da autora.

3. O seu texto tem uma intensa fluidez, beleza que se integra com a ilustração, como você estabelece o diálogo entre o texto escrito e o autor de imagens?

Obrigada, Renata, pela referência à fluidez de meu texto que penso ser ajudada pelo ouvido treinado em sons. Para mim, as palavras são como notas e se não estiverem na sintonia da melodia, desandam a correnteza, truncam a leitura e não deixam o leitor ser levado pela história. Tomo muito cuidado para que isso não aconteça, pois eu, antes de qualquer pessoa, sou a primeira leitora de meus textos e desejo que eles fluam livres e desembaraçados por minha mente. Quanto ao diálogo entre meu texto e as ilustrações do autor de imagens, tenho a certeza de que ele se faz pela troca de sensibilidades, quando o autor de imagens mergulha em meu texto e o enriquece com o seu olhar. No caso de meus textos, por exemplo, ainda que eles sejam muito imagéticos e independam das ilustrações do autor de imagens — e o próprio leitor possa, com sua sensibilidade, produzir as que ele queira —, não há dúvida de que, quando o livro para crianças e jovens vem acompanhado por ilustrações, o sabor é outro. Porque, então, cria-se a possibilidade de outra leitura, que nos merecem tanta atenção e cuidado quanto a do texto. Particularmente gosto mais quando as ilustrações interpretam a sua maneira e/ou enxergam o subentendido, as metáforas, a sutileza do texto, e mostram não necessariamente o que está escrito. Luiz Maia e Giselle Vargas superaram minhas expectativas tanto no livro Apanhando a lua... (2008) como no Menina-menina, princesa de lama... (2011), ambos publicados pela Paulinas.







Você gostou?
Quer conhecer que livro, primeiro o Menina-menina ou o Apanhando a lua?
Que pergunta faria para a autora?

Comente e ganhe um kit com 5 marcadores, sexta será o sorteio.


A partir desta postagem começa: TecerTopTopComentarista.
Comente, participe e você saberá esta semana, ainda o que vai ganhar neste mês de novembro.

7 comentários:

  1. Vou tentar o top comentarista hehehehe Espero conseguir :D

    Sempre tenho curiosidade em saber quais os livros que os escritores leem, poderia perguntar quais os livros/autores preferidos dela?

    :D

    Desculpe pela ausência de coments aqui, mas acho que voltei ao ritmo :D


    Beijo,
    Larinae - www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela entrevista, Rê! :D

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  3. Adorei a forma que a Rosane responde, fiquei encantada. Ela passa uma tranquilidade, algo bom com as suas respostas.
    Pelo título e capa, eu acho que pegaria 'Apanhando a Lua' para ler primeiro.

    Bjs,

    ResponderExcluir
  4. Amei a entrevista e gostaria de saber:
    Já que o livro Menina- Menina Princesa de Lama foi citado pelo acervo infantil, qual livro vc recomendaria para as crianças não deixarem de ler (pergunta de mãe)?
    Gostaria de conhecer MENINA-MENINA até pq meninas fazem parte da minha vida..Bjokas!1

    ResponderExcluir
  5. Fico tão feliz ao conhecer novos escritores, mesmo que seja através de um blog (estou doida para ir na Bienal de SP *_*)

    "as palavras são como notas e se não estiverem na sintonia da melodia, desandam a correnteza, truncam a leitura e não deixam o leitor ser levado pela história."

    Com toda a certeza, por isso creio que escrever é uma arte :D

    "Que pergunta faria para a autora?"

    Humm, difícil, tem tanta coisa para perguntar, gostaria de saber qual foi o livro que mais marcou a infância.

    Adorei Re!

    Beijinhus
    Babih Hilla
    http://revolucionandogeral.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Poxa, a cada dia conheço novos autores aqui em seu blog, você está de parabéns! Achei lindo os livros e a leveza demonstrada pela autora em suas respostas. Gostaria de saber dela quais os autores que a influenciaram no trabalho com Literatura Infantil. Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Vamos brindar a mais uma obra voltada para o infantil. Afinal, nossos pequeninos não podem ser esquecidos e a leitura deve ser parte de sua vida e acompanhar seu crescimento. Assim teremos homens e mulheres poderosos no futuro.
    Obrigada e felicidades!!

    ResponderExcluir