22 de agosto de 2011

Segunda Ilustrada: Miguel Carvalho- Autor de Dia do Mar Editora RHJ



A Segunda Ilustrada de hoje fala de um autor de livro de imagens da Editora RHJ, Miguel Carvalho. Ele já ganhou inúmeros prêmios, e isso iremos ver a segunda parte, e teremos mais novidades nesta semana.
Que tal, sabermos um pouco mais sobre Ilustração, que é um encanto para crianças, adultos, idosos, ... não há limites para a visão!!!

1. Quem e qual é o estilo de Miguel Carvalho Ilustrador?



Eu me formei na Escola de Belas Artes, na UFRJ. Nessa escola tive contato com diversos artistas, professores ou colegas de turma, que me ensinaram cada dia um pouquinho. Até hoje, eu aprendo um pouco de ilustração todo dia. Desde criança adorava desenhar! Lá também conheci o meu primeiro mestre da ilustração: Rui de Oliveira. Este grande ilustrador me ensinou uma das coisas que mais defendo até hoje: cada livro, cada história, pede uma imagem diferente. Assim, para torna-me ilustrador, eu procuro constantemente desenvolver não só um, mas diversos estilos diferentes que posso utilizar, de acordo com o texto que me foi confiado a ilustrar.
Depois de me formar, procurei estudar um pouco mais sobre a Literatura e fui admitido no curso de Especialização em Literatura Infanto-Juvenil, na UFF, em Niterói.Deste ponto, além de um grande aprendizado sobre narrativas e livros infantis, fiz também dois grandes amigos, aos quais hoje devo bastante gratidão: Vivian Soares e Thiago Cascabulho, sem os quais não seria possível a criação e publicação do Dia do Mar... 
Atualmente, continuo estudando sobre narrativas no Mestrado que desenvolvo na PUC-Rio, sob orientação do professor Gamba Jr. meu segundo mestre nessa minha caminhada, que me ensinou alguns dos muitos mistérios de se criar histórias. Claro que diversos outros mestres passaram por minha vida e tiveram cada uma a sua importância...
Muito curioso, tenho estudos em diversas outras áreas: Teatro, Mímica, Palhaço, Circo, etc.




2. Como é a elaboração de um livro de imagem?

Elaborar um livro de imagem é narrar uma história só por imagens. Criar o Dia do Mar, por exemplo, foi como visualizar um filme, uma cena sendo reproduzida na cabeça e escolher dentre as diversas situações, alguns momentos para “fotografar” e poder, na sequência de imagens e tentar mostrar toda a história vivida.
Mas esse é só um exemplo, claro que outros livros terão outras formas de fazer. Um livro de imagem se faz partindo do desafio de não usar palavra nenhuma para contar uma história!


3. Quais as sensações em ser autor de imagens?
Sinto como se pudesse viver em mundos diferentes e trazer um pouquinho desses mundos diferentes, para o mundo que a gente vive.

4.As escolhas belíssimas dos tons da história Dia do Mar, como é construir um diálogo com o leitor para sentir-se no Mar....?

Quis mostrar as belezas e os perigos do mar. Construir um diálogo com o leitor, para sentir-se no mar é como convidá-lo a entrar em um lugar que nem você mesmo conhece bem. Aos poucos, enquanto “brincava com o mar”, eu mesmo fui aprendendo a dialogar com ele e sentir-me nele. A partir do sentimento de “estar no mar”, é que fui aos poucos tentando traduzi-los em imagens para que eu pudesse comunicar aos outros.


Navegue neste mar, viaje, se encante.. Comente!!!

Quer saber mais sobre Miguel Carvalho:
www.miguelzin.com


4 comentários:

  1. Rê, acho super interessante este espaço que você dá as ilustradores para falarem um pouco de seu trabalho e para que nós, leitores, possamos conhecer um pouco mais de cada um deles. Amei a entrevista, bjos!


    Ilmara

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a entrevista. É super bacana conhecer mais sobre esses profissionais. Como fiz o inverso, vi o vídeo e depois vim comentar, adorei o conferir um pedacinho do trabalho dele.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Mais um talento que as vezes fica um pouquinho 'escondido' nas páginas dos livros ilustrados. Adorei saber mais sobre o artista e seu trabalho, vou esperar a segunda parte.
    Bjkas,

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  4. "não há limites para a visão!!!" Rumo ao além e ao infinito! :D
    "Elaborar um livro de imagem é narrar uma história só por imagens" Ahhh agora entendi! Poxa isso é super legal, pois possibilita a cada um montar a sua própria história ^^
    Adorei Re!
    Eu quero ver o Mar! *_*

    Beijos
    BabihGois
    http://babihgois.blogspot.com

    ResponderExcluir